Image default
Agenparl Português Diritto & Giustizia Politica Estera Social Network

Plenário aprova projeto sobre bloqueio de bens relacionados ao terrorismo

(AGENPARL) – Brasilia (Brasil), mar 12 febbraio 2019

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou o texto do relator, deputado Efraim Filho (DEM-PB), ao projeto que determina o cumprimento imediato, pelo Brasil, de sanções impostas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas relacionadas ao crime de terrorismo, principalmente o bloqueio de ativos. Trata-se do Projeto de Lei 10431/18, do Poder Executivo.

A legislação brasileira já possui norma para atender a essas sanções (Lei 13.170/15), mas prevê a necessidade de ação judicial para fazer o bloqueio de ativos, o que foi criticado pelo conselho devido à demora.

Assim, o objetivo do projeto é agilizar o procedimento de bloqueio de bens e a identificação de empresas e pessoas associadas ao crime de terrorismo e também à proliferação de armas de destruição em massa.

Poder dos ministérios
Após novas negociações com os partidos, o relator acatou um pedido da oposição. Ele apresentou uma subemenda para excluir do texto dois dispositivos que garantiam ao Ministério da Justiça e ao Ministério de Relações Exteriores o poder de decidir qual pessoa natural do Brasil poderia ter seu nome incluído em lista do Conselho de Segurança da ONU, sem prévia ordem judicial, destinada a indicar ativos passíveis de bloqueio por acusação de participação em atos de terrorismo ou seu financiamento.

Em seguida, em votações rápidas, o Plenário rejeitou os destaques apresentados ao texto.

Mais informações a seguir

[embedded content]

Fonte/Source: https://www2.camara.gov.br/camaranoticias/noticias/POLITICA/572312-PLENARIO-APROVA-PROJETO-SOBRE-BLOQUEIO-DE-BENS-RELACIONADOS-AO-TERRORISMO.html

Related posts

A drive to help Minnesotans get to work

Redazione Redazione

Drilon lauds signing of Revised Corporation Code

Redazione Redazione

Sen. Pacquiao on the Reinstatement of ROTC

Redazione Redazione

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More